Troca de óleo e filtro: quando é necessário?

A troca de óleo e filtro é um dos procedimentos mais importantes para o aumento da vida útil do motor. Por isso é tão importante dar a devida atenção à ação.

No entanto, nem sempre isso ocorre. Alguns motoristas prolongam o tempo indicado para a troca de óleo e filtro, sem saber que isso pode gerar danos irreparáveis a certas peças.

O resultado disso é: aumento do custo de manutenção e algumas dores de cabeça que poderiam ser evitadas.

 

Funções do óleo lubrificante

Manter o óleo em condições adequadas é fundamental para que danos sejam evitados e, com isso, não se gaste dinheiro com a troca de peças, por exemplo. Vale lembrar que o óleo lubrificante tem algumas funções básicas, como:

– Lubrificar o motor, visando diminuir o atrito entre as peças;

– Manter a temperatura ideal do motor;

– Realizar a limpeza, conduzindo as impurezas para o filtro;

 

Funções dos filtros

Para que o óleo consiga cumprir o seu papel, é de extrema importância que o filtro esteja em condições adequadas. Isso porque o filtro tem como ação principal reter as impurezas presentes no óleo, como: água e partículas (sujeiras e outras impurezas).

Quando isso ocorre de maneira correta, o óleo retorna limpo ao motor, sendo capaz de lubrificar as peças e otimizar o funcionamento. Isso significa o aumento de potência e rendimento.

No caso de equipamentos, manter as condições adequadas do óleo e filtro significa ainda um aumento de produtividade.

Realizar a troca de óleo e filtro é importante também para evitar um aumento no consumo de combustível por parte do veículo ou do equipamento.

 

Mas, quando fazer a troca de óleo e filtro?

Para saber quando fazer a troca de óleo e filtro, é importante ficar de olho no manual do fabricante (que traz as especificações).

Geralmente, a troca de filtro de óleo ocorre entre 7 e 15 mil quilômetros rodados. Porém, como já dito, depende do modelo do veículo e das indicações do fabricante.

No caso de risco de contaminação extrema (poeira, engarrafamento, uso excessivo), o tempo necessário para a troca de óleo e filtro pode cair para até 3 mil quilômetros rodados.

 

Devo trocar o óleo e filtro juntos?

Sim. De acordo com profissionais especializados, a troca do filtro deve ocorrer sempre que houver a troca de óleo. Isso porque o filtro velho pode não ser mais capaz de reter as impurezas presentes no óleo novo. Desse modo, o risco de contaminação e danos a peças é grande.

Porém, quando a troca de óleo e filtro é realizada ao mesmo tempo, o sistema volta a funcionar sem riscos, o que não compromete os componentes.

 

Posso realizar a troca de óleo e filtro em casa?

Não é o mais indicado. Profissionais explicam que as condições precisam ser adequadas para que o óleo e filtro novos não sofram contaminação já na troca e prejudiquem o perfeito funcionamento do motor.

 

E trocar no posto, posso?

É preciso ficar atento, pois realizar a troca de óleo e filtro no posto também pode não ser a melhor decisão. Nem sempre o frentista se preocupa em saber qual óleo está no veículo ou a sua viscosidade, e apenas o completa (o que pode prejudicar a ação do óleo).

Além disso, se você decidir por trocar a marca do óleo, lembre-se de que o óleo velho necessita ser retirado por completo. O mesmo ocorre se você optar por óleo mineral ou sintético.

Sendo assim, o mais indicado é que você realize a troca de óleo e filtros em uma oficina especializada, o que garante a perfeita atuação de ambos.