Dirigir em dias de sol: que cuidados devo ter com minha visão?

 

A maioria da população brasileira utiliza o carro como meio de transporte em momentos de lazer, outra parcela ganha a vida dirigindo profissionalmente, como motoristas de ônibus, Uber, caminhões, entre outros. Mas independente de qual seja o seu motivo no volante, é necessário ter alguns cuidados essenciais. Em dias de sol, por exemplo, cuidar da visão é indispensável. Por isso, separamos algumas dicas de como se precaver em dia de sol.

 

Malefícios do sol para a visão

Quando ficamos expostos muito tempo ao sol, os raios ultravioletas podem ocasionar danos sem volta na estrutura ocular. Veja abaixo duas doenças mais comuns de quem fica exposto ao sol sem proteção adequada e sem acompanhamento médico:

Catarata: a exposição excessiva ao sol pode aumentar o risco do desenvolvimento de catarata. A doença, se não for diagnosticada de maneira rápida e começar o tratamento médico, pode causar a perda de visão parcial ou total no motorista.

Pterígio: esta enfermidade ocasiona o crescimento de um tecido sobre a córnea, bloqueando ou dificultando a visão do portador.

Além das doenças oculares, dirigir em dias de sol também pode ocasionar acidentes. Se você trabalha como motorista particular dirigindo um Sandero usado, por exemplo, os raios podem comprometer a sua visibilidade de placas, animais na pista, pedestres ou até mesmo outros carros e causar graves acidentes.

Para evitar estas situações, confira as dicas que separamos para os motoristas evitarem estes problemas.

 

Dicas para proteger a visão em dias de sol

 

Com alguns cuidados essenciais, dirigir em dias de sol pode ser tornar uma tarefa mais fácil e livre de acidentes. Se você ainda sofre com este problema, leia as dicas abaixo e mude seus hábitos agora mesmo.

Use óculos de sol: parece óbvio, mas não é. Usar óculos de sol é um dos remédios para evitar acidentes em dias de calor. E embora seja comum, muitas pessoas não levam a sério a eficácia deste acessório. Usar óculos de sol para dirigir pode dar mais conforto, segurança e garantir o bem-estar de motoristas. Para garantir que seu uso seja benéfico e cumpra com o prometido, invista em modelos de qualidade e aprovados por oftalmologistas. Procure uma ótica de confiança e compre um tipo que realmente tenha a proteção necessária contra os raios ultravioletas. Fique atento às marcas ou modelos falsificados, pois ao invés de ajudar, podem comprometer ainda mais a visão, inclusive causando doenças irreversíveis.

Vá ao médico com frequência: ir ao médico periodicamente é a única maneira de acompanhar e manter a saúde dos olhos. Se você possui algum problema ocular como miopia ou astigmatismo, faça o tratamento necessário e visite o médico a cada seis meses. Caso não tenha nenhuma doença, mantenha as visitas anuais em dia para prevenir doenças ou em caso de aparecimento, poder realizar o tratamento mais rapidamente.

Evite objetos que reflitam a luz solar: não tem nada pior do que um objetivo refletindo a luz do sol contra os seus olhos. Se for durante o volante, pior ainda, não é mesmo? Evite espelhos, papéis luminosos, bolsas, relógios e qualquer outro acessório que possa ter esse efeito e prejudicar a sua visão no trânsito.

Utilize o quebra-sol: o quebra-sol é aquele acessório que vem nos veículos e tem como utilidade proteger do sol. Apesar de pouco usado, é essencial que os motoristas se conscientizem da importância deste item para garantir a segurança nas ruas, estradas e avenidas, e claro, garantir a saúde dos olhos. Além dos modelos padrões, também é possível comprar peças complementares para as janelas laterais.

Manter faróis baixos ligados: em alguns estados do Brasil dirigir com farol baixo ligado já se tornou lei. E apesar disso, muitas pessoas ainda não sabem o motivo desta nova norma e inclusive tiram sarro do recurso defendendo que todos enxergam durante o dia. Agora imagina a situação: você está dirigindo seu Uno usado com toda sua família no veículo em uma rua de mão e contramão com pouca sinalização e praticamente nenhuma divisão entre as pistas. Como ter certeza que o carro da frente está indo na mesma direção e não contra você? Neste caso a utilização do farol baixo te ajuda a identificar mais facilmente esta situação e evitar acidentes. Além disso, você não precisa ficar forçando os olhos e enxerga mais facilmente, evitando o desenvolvimento de problemas oculares.

Tenha um lubrificante ocular no carro se for necessário: se você sofre com olhos secos, ressecamento, irritação, ardor, sensação de areia e corpo estranho causado pela exposição ao sol enquanto dirige, o lubrificante ocular pode te ajudar a aliviar o desconforto e manter o seu olho hidratado. Se este for o seu caso, procure um médico e use apenas medicamentos indicados por ele.

 

Dicas extras de segurança no trânsito relacionadas à exposição solar

Dirigir na exposição solar pode causar desde desconforto até doenças irreversíveis aos motoristas. Por isso, além das dicas acima, trouxemos duas dicas extras para evitar acidentes em dias de sol. Confira:

Não olhe para o sol: toda criança já ouviu de sua mãe que olhar diretamente para o sol causa problemas oculares. E ela estava certa. E essa regra vale também para adultos que utilizam o carro em dias de sol, seja para o lazer ou profissionalmente. Por isso, evite ao máximo olhar diretamente contra o sol, independente da hora do dia. Se você estiver dirigindo, pode ter a visão prejudicada ou perder a visão temporariamente e causar um grave acidente.

Preste atenção nas placas e no trânsito: com a exposição solar, o olho humano pode ter algumas pequenas falhas momentâneas. É comum não conseguir visualizar placas e semáforos com precisão, correndo o risco de uma colisão com outro veículo. Por isso, redobre a atenção quando estiver dirigindo no sol, veja o que está acontecendo a sua volta e com os carros ao seu redor. Se for uma região desconhecida, o uso de GPS com som pode facilitar a locomoção.

Agora que você já sabe todos os cuidados que deve ter com a visão ao dirigir em dias de sol, que tal compartilhar esse post com os seus amigos nas redes sociais? Aproveite e deixe um comentário abaixo contando quais as dicas você colocou em prática.